"Papa Francisco: é triste encontrar cristãos que não são mais o sal da terra"

( CLIQUE NA IMAGEM )

 

A PALAVRA DE DEUS É VIVA

Senhor,faze com que sintamos a vivência da Tua Palavra; corta, nós te suplicamos, os nos das nossas incertezas, das sutilezas dos nossos "se", "mas", para que nada em nosso espírito se subtraia à Tua Palavra.

Tu conheces e julgas as minhas trepidações, as minhas incertezas, meus temores, a relutância em ser missionário.

Concede-nos de sentir com paz íntima, sem maiores problemas, a Palavra de Deus que estamos ouvindo, que ouviremos através da voz de nossos irmãos e irmãs; que ouviremos na Eucaristia.

Senhor, faze com que essa Tua Palavra nos dê alegria, nos fortaleça, nos purifique, nos salve.

E tu, Maria, Mãe da Palavra e do Silêncio, concede-nos o silêncio que desperta no coração a alegria da escuta, obtém-nos a graça de ser verdadeiros, vivos autênticos, de sentir que tudo aquilo que é difícil torna-se fácil, o que é preso torna-se solto.

O que é obscuro torna-se luminoso pela força da Palavra.

Amém ! 

Cardeal Carlo Maria Martini

 

 

 

 

 

 

Santa Maria Goretti __virgem, martir

06 de julho

A imagem de Santa Maria Goretti apresenta a trajetória e as virtudes desta menina,

morta aos 12 anos como mártir e canonizada 60 anos após sua morte, que ocorreu em 1890.

( CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS )

 

 

Mês de Junho __ Mês do Sagrado Coração de Jesus

    A Festa do Sagrado Coração de Jesus é celebrada na sexta-feira que segue a semana da Festa de Corpus Christi - Festa do Corpo de Jesus

- manifestação pública de adoração a Jesus Eucarístico.

Foi o próprio Coração de Jesus, em uma de suas manifestações a Santa Margarida, quem solicitou esta celebração de louvor e desagravo.


O mês de junho é dedicado ao Sagrado Coração de Jesus. A devoção ao Sagrado Coração Coração passou a ter grande divulgação a partir de uma manifestação de Jesus a Santa Margarida Maria Alacoque, a 16 de junho de 1675, durante uma exposição do Santíssimo Sacramento.

Nosso Senhor, descobrindo seu Coração, disse-lhe: "Eis o Coração que tanto tem amado aos homens e em recompensa não recebe, da maior parte deles, senão ingratidões pelas irreverências e sacrilégios, friezas e desprezos que têm por Mim, nesse Sacramento de Amor".

 

A devoção ao Coração de Jesus existe desde os primeiros tempos da Igreja,

desde que se meditava no lado e no Coração aberto de Jesus, de onde saiu sangue e água.

Desse Coração nasceu a Igreja e por esse Coração foram abertas as portas do Céu


O culto público ao Sagrado Coração, foi canonizado em 1765 por Clemente XIII,

ao introduzir sua festa litúrgica, com Missa e ofícios próprios.


 

CORPUS CHRISTI - DOM DE DEUS A NÓS

Depois da multiplicação dos pães, Jesus deu a entender que Ele mesmo é "o pão que desceu do céu" como um presente,

como um DOM DE DEUS a toda a humanidade.

No fim dessa explicação, eclode o sentido mais profundo do "sinal", o sentido que celebramos na Eucaristia....

( Leia toda a Reflexão do Padre Marcelo, clicando na Imagem abaixo )

 

 

 

Solenidade de Corpus Christi

A Igreja comemora na próxima quinta feira, 19 de junho a solenidade de Corpus Christi, a festa que celebra a presença real e substancial de Cristo na Eucaristia.

                                                                                        ( Clique na Imagem e leia mais.... )




Solenidade da Santíssima Trindade

 

Com o fim do Tempo Pascal, na solenidade de Pentecostes, a Igreja entoa um grande e solene louvor à Santíssima Trindade, celebrando numa síntese a plenitude do Mistério do Deus-Amor. Proclama que, desde a Criação do universo até os fins dos tempos, a história é dirigida pelo Deus Uno e Trino, comunhão perfeita do Pai com o Filho e o Espírito Santo.

Antes de querer estabelecer uma explicação sistemática do Mistério Trinitário, a solenidade da Santíssima Trindade quer ser a expressão da experiência de um Deus que se mostra como Pai, Filho e Espírito Santo, e que, na comunhão perfeita de três Pessoas distintas, constrói a esperança de uma sociedade que também anseia pela comunhão perfeita entre homens e mulheres.  (  Clique na imagem e saiba mais... )

 

 

Reflexão do Evangelho

 A vinda do Espírito Santo no dia de Pentecostes não foi um acontecimento isolado na vida da Igreja...

( Leia mais clicando na imagem )

 

SOLENIDADE DE PENTECOSTES

"Ou não sabeis que o vosso corpo é templo do Espírito Santo, que habita em vós, o qual vos foi dado por Deus?" (2Cor 6,19)

 

No calendário do ano litúrgico, comemora-se Pentecostes no domingo subseqüente à festa da Ascensão de Jesus. O significado do termo para os católicos, representa a festa celebrada pela Igreja 50 dias após a Ressurreição de Jesus (Páscoa).

Depois da Ascensão de Jesus, encontravam-se os apóstolos reunidos com a Mãe de Deus. Era o dia da festa de Pentecostes. Os apóstolos tinham medo de sair para pregar. Repentinamente, escutou-se um forte vento e línguas de fogo pousaram sobre cada um deles. Cheios do Espírito Santo, passaram a falar em línguas desconhecidas. Nesses dias, haviam muitos estrangeiros em Jerusalém, que vinham de todas as partes do mundo para celebrar a festa de Pentecostes judia. Cada um ouvia falar os apóstolos em sua própria língua e compreendiam perfeitamente o que eles falavam. Todos eles, nesses dias, não tiveram medo e saíram a pregar ao mundo os ensinamentos de Jesus. Nessa ocasião, aconteceu a efusão do Espírito Santo, enchendo os apóstolos dos seus dons e da força que os impulsionou a testemunhar o Cristo ressuscitado no mundo. Esse era a missão dos apóstolos.

Levar a Palavra de Jesus a todas as nações e batizar todos os homens em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
A palavra Pentecostes vem da palavra grega “pentekosté” e significa "qüinquagésimo", ou seja, representa o 50° dia depois da Páscoa. Nesse tempo, comemora-se a vinda do Espírito Santo e o Nascimento da Igreja Católica. Antes de ser uma celebração cristã, Pentecostes era uma festa judaica, associada ao tempo de colheita, relacionando-se após, ao dia em que Deus entregou as tábuas da Lei a Moisés, no Monte Sinai.

O Pentecostes cristão acontece em cumprimento à promessa de Jesus, após sua ascensão aos céus, quando enviou o Espírito Santo sobre Maria e os apóstolos, reunidos no cenáculo, conforme S. Lucas narra em At.1,4-8:

O Espírito Santo de Deus é a terceira pessoa da Santíssima Trindade. A Igreja nos ensina que o Espírito Santo é o amor que existe entre o Pai e o Filho. Este amor é tão grande e perfeito que forma uma terceira pessoa. O Espírito Santo enche nossas almas no Batismo e depois, de maneira perfeita, na Confirmação. Com o amor divino de Deus dentro de nós, somos capazes de amar a Deus e ao próximo. O Espírito Santo nos ajuda a cumprir nosso compromisso de vida com Jesus.

 

 

ASCENSÃO DO SENHOR

“Depois de dizer isso, Jesus foi elevado aos céus, a vista deles. Uma nuvem os encobriu, de forma que seus olhos não podiam mais vê-lo.

Os apóstolos continuavam olhando para o céu, enquanto Jesus subia” (At 1,9-10)

( Leia todo o artigo clicando na imagem )

 



 

 
FESTA DA VISITAÇÃO DE NOSSA SENHORA

31 de maio

Neste dia a Igreja festeja a visita de Nossa Senhora (que já portava em seu seio puríssimo a Nosso Senhor Jesus Cristo) sua prima Santa Isabel, que se achava grávida e da qual nasceria São João Batista, o Precursor de Jesus, preparando Seu Caminho. (Lc, 1-15-56).  ( Leia mais clicando na imagem)

 
REFLEXÃO DO EVANGELHO __ 6º DOMINGO DA PÁSCOA

( Clique na Imagem )

 

 

SEMANA DE 26/05 A 30/05, A PARTIR DAS 19h COM A SANTA MISSA.

...

TEMAS:
1º DIA - CAPÍTULO 1 - A TRANSFORMAÇÃO MISSIONÁRIA DA IGREJA
– Diácono Luiz Cezar Bahia

2º DIA - CAPÍTULO 2 - NA CRISE DO COMPROMISSO COMUNITÁRIO - Celebrante – Pe. MARCELO
Palestra: Sr. Geraldo

3º DIA - CAPÍTULOS 3 - O ANÚNCIO DO EVANGELHO e CAPÍTULO 4: A DIMENSÃO SOCIAL DA EVANGELIZAÇÃO
– Fernanda Bahia

4º DIA - CAPÍTULO 5: EVANGELIZADORES COM ESPÍRITO
__Pe. Fábio Maceroux – N.S. da Assunção – Sulacap

 

 

              
        Clique na Imagem e Leia o artigo sobre a Canonização dos Papas             
                     

Clique nas imagens e acesse os Boletins Informativos sobre o Domingo de Páscoa e

o Domingo da Divina Misericórdia com a Bênção dos Quadros de Jesus Misericordioso e o Terço da Misericórdia

                          

              Clique nas imagens e leia o Boletim informativo sobre o Domingo de Ramos e Paixão do Senhor e o Boletim Especial sobre o Tríduo Pascal

 

 

                                                  CLIQUE NAS IMAGENS

                

Domingo 16/02/2014
 
SER SAL E LUZ DO MUNDO

No evangelho (Mt 5, 13-16) o Senhor fala-nos da nossa responsabilidade perante o mundo: Vós sois o sal da terra… Vós sois a luz do mundo. E diz isso a cada um de nós, àqueles que queremos ser seus discípulos.

Jesus proclama-se luz do mundo (Jo 9, 5). Hoje Ele nos diz: “Vós sois a luz do mundo.” Só poderemos iluminar se tivermos sido iluminados por Cristo. Jesus acrescenta que não se acende uma lâmpada para colocá-la debaixo de um alqueire, mas no candelabro para que brilhe para todos os que estão na casa. Jesus diz mais: “A vossa luz brilhe diante dos homens, para que, vendo as vossas boas obras, glorifiquem o vosso Pai que está nos céus.” Portanto, a maneira concreta de sermos luz do mundo é pelas boas obras.

O sal dá sabor aos alimentos, torna-os agradáveis, preserva da corrupção e era, no passado, um símbolo da sabedoria divina. No Antigo Testamento, prescrevia-se que tudo que se oferecesse a Deus devia estar condimentado com sal (cf. Lv 2, 13), para significar o desejo de que a oferenda fosse agradável. A luz é a primeira obra da criação (Gn 1, 15), e é o símbolo do Senhor, do Céu e da Vida. As trevas, pelo contrário, significam a morte, o inferno, a desordem e o mal. Os discípulos de Cristo são o sal da terra: dão um sentido mais alto a todos os valores humanos, evitam a corrupção, trazem com as suas palavras a sabedoria aos homens. São também luz do mundo, que orienta e indica o caminho no meio da escuridão. Quando os cristãos vivem segundo a sua fé e têm um comportamento irrepreensível e simples, brilham como astros no mundo (Fil 2, 15), no meio do trabalho e dos seus afazeres, na sua vida normal.

Disse o Papa João Paulo II: “Ele tem necessidade de vós. De alguma forma vós lhe emprestais os vossos rostos, o vosso coração, toda a vossa pessoa, na medida em que vos entregais ao bem dos outros e vos tornais servidores fiéis do Evangelho. Então é o próprio Jesus a ficar bem; mas se fordes fracos e vis, obscureceis a sua autêntica identidade e não o honrareis”. Não percamos nunca de vista esta realidade: os outros devem ver Cristo no nosso comportamento diário simples e sereno.

                                    

                                      SER DIZIMISTA É UMA QUESTÃO DE FÉ

 
 
            

FORMAÇÃO _ Tempos Litúrgicos

Solenidade de Corpus Christi

16/06/2014 19:47
A Igreja comemora na próxima quinta feira, 19 de junho a solenidade de Corpus Christi, a festa que celebra a presença real e substancial de Cristo na Eucaristia. É realizada na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade que, por sua vez, acontece no domingo seguinte ao de Pentecostes....

Solenidade da Santíssima Trindade

16/06/2014 19:38
Com a Solenidade da Santíssima Trindade reiniciamos o Tempo Comum na vida litúrgica da Igreja.  É o tempo de refletirmos sobre as coisas cotidianas de nossa vida eclesial, de nossa vida de fé. É o tempo propício, ordinário, para que deixemos Deus agir em nossa história, em nossa caminhada, de...

Ascensão do Senhor

31/05/2014 15:16
“Depois de dizer isso, Jesus foi elevado aos céus, a vista deles. Uma nuvem os encobriu, de forma que seus olhos não podiam mais vê-lo. Os apóstolos continuavam olhando para o céu, enquanto Jesus subia” (At 1,9-10) O texto dos Atos dos Apóstolos descreve o centro do mistério que se celebra na...

Festa da Visitação de Nossa Senhora __ 31 de maio

31/05/2014 15:04
Neste dia a Igreja festeja a visita de Nossa Senhora (que já portava em seu seio puríssimo a Nosso Senhor Jesus Cristo)  à sua prima Santa Isabel, que se achava grávida e da qual nasceria São João Batista, o Precursor de Jesus, preparando Seu Caminho. (Lc, 1-15-56). O surgimento do maravilhoso...

REFLEXÃO DO EVANGELHO

CORPUS CHRISTI – DOM DE DEUS A NÓS

19/06/2014 21:08
Depois da multiplicação dos pães, Jesus deu a entender que Ele mesmo é "o pão que desceu do céu" como um presente, como um DOM DE DEUS a toda a humanidade. No fim dessa explicação, eclode o sentido mais profundo do "sinal", o sentido que celebramos na Eucaristia.Celebrar é tornar presente. Receber...

Reflexão do Evangelho _ Solenidade de Pentecostes

07/06/2014 20:22
A vinda do Espírito Santo no dia de Pentecostes não foi um acontecimento isolado na vida da Igreja. O Paráclito santifica-a continuamente, como também santifica cada alma, através das inúmeras inspirações que se escondem em todos os atrativos, movimentos, censuras e remorsos interiores, luzes e...

Santos do dia

Santa Maria Goretti __ Virgem e Mártir

04/07/2014 15:45
Santa Maria Goretti foi uma virgem,martir, com muitos milagres após a morte. Ela nasceu em 16 de outubro de 1890na cidade de Corinaldo, Itália , filha de um fazendeiro, Luiggi Goretti quemudou-se com a família para Ferriere di Conca, perto de Anzio.No dia 16 de julho de 1902 Maria estava sentada no...